Quando vemos algumas pessoas passeando com seus animais pelas ruas nos alegramos porque constatamos que embora o abandono ainda seja grande, existem pessoas que amam seus animais. O amor do animal pelo dono sabemos: é verdadeiro.
O que nos entristece às vêzes, é saber que para muitos o amor dedicado ao animal não é verdadeiro pois se utilizam dos mesmos para demonstrar ¨status¨¨ passeando com um cão de raça da moda.
Pode ? Raça estar na moda?
Pois é, o que queremos mais uma vez salientar é que todos os animais tem no peito um coração , e têm também um organismo que funciona como os de animais de raça e portanto, o coração que bate no peito de um animal de raça é igual ao que bate no peito dos cães que por um infortúnio, estão nas abandonados nas ruas.
O que importa é a vida que vibra dentro de um corpo criado por Deus em suas mais diversas formas, tipos, cores, num festival de beleza e que devemos reconhecer a importância de cada um, trata´-los bem e respeitá-los sempre.